Na noite de 2 de Novembro, os Shadowgrave entraram em palco para promover o seu som. Num cartaz em que figuravam bandas longe do estilo em que nos inserimos, aceitamos o desafio e fizemos caminho para Grijó.


Chegada a nossa hora de actuar, passamos por um soundcheck curtissimo e avançamos para a primeira música do set, The Aftermath. Iniciada com um primeiro acorde poderoso, aos poucos, a multidão foi aumentando, sem perder tempo seguiu-se o single Lugubrious Silence, este tema já contava com mais espectadores que se manteriam durante toda a sessão.


O resto da noite dos Shadowgrave contou com a nova Ashes Under The Grave, The Last Empire e a cover de Venom, Black Metal, a aderência do público ao nosso som evoluiu gradualmente, tendo a gig terminado com fortes aplausos e o nosso sentimento de dever cumprido.


Todo o esforço consumado para tornar este concerto possível foi bem recompensado com o objectivo nesta noite realizado: tocar no Gaia em Peso. Como qualquer actuação, esta não foge de alvoroços e pequenas querelas, todavia o mais importante foi a entrega de cada um de nós, debalde as atribulações e estreitar do horário, esta ningúem nos tira.


Agradecemos a Dorota Cieslikiewicz, pelas fotos aqui postadas que captam a essência do que foi a noite dos Shadowgrave no Gaia em Peso IX.
Uma palavra de agradecimento também para toda a organização do Gaia em Peso por ter concedido a oportunidade de participarmos em uma das muitas noites deste evento que agrega todo o tipo de música extrema.
Venham muitos mais.
 

Etiquetas:

Enviar um comentário